Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


19
Jul14

 

 

E para começar à boa maneira “blogueira”, arranco já a criticar famosos. Não é que eu goste de dizer mal das pessoas… a não ser quando elas merecem muito.

 

O Gustavo Santos merece muito.

 

Para quem ainda não se deparou com os vídeos que andam a correr as redes sociais, em que Gustavo dá uma de “Life Coach” e desata a dizer generalidades mais ou menos profundas sobre o sentido da vida, eu resumo:

 

Gustavo Santos é aquele rapaz simpático que apresenta o Querido Mudei a Casa, que participou no Big Brother Famosos (a investigação que eu faço para vos informar!) e que entrou em grandes produções nacionais como Floribella, Chiquititas e Morangos com Açúcar.

 

No meio disto tudo, Gustavo ainda teve tempo para ser bailarino, modelo… e para escrever 7 livros. A escrever, ele é mais ou menos como o professor Marcelo a ler livros – com a diferença de que ele só escreve, não lê nada.

 

É verdade: numa destas noites em que estive em casa rodeada por várias montanhas de lenços ranhosos, tive oportunidade de ver o Gustavo no “5 para a meia-noite”, onde ele afirmou, orgulhosamente, que escrevia tanto que não tinha tempo para ler livros. Até porque, se lesse, seria influenciado por esses mesmos livros. E aparentemente, no mundo do génio Gustavo, ser influenciado por bons escritores é uma coisa má.

 

De repente, Gustavo tornou-se o filósofo moderno, que é aquele filósofo que não lê, escreve mais ou menos, tem um sorriso “muita” giro, uns abdominais tão definidos que parecem de plástico, aparece na televisão e no Youtube e faz gestos engraçados com as mãos. Tem ainda uma legião de fãs do sexo feminino que defendem com unhas e dentes que “ele diz coisas muito acertadas”.

 

Eu confesso que nunca consegui ver, do início ao fim, os vídeos do Youtube em que o Gustavo fala sobre o sentido da vida. Isto por várias razões: primeiro, os gestos. São verdadeiramente irritantes. Gustavo consegue ser Life Coach e Mimo ao mesmo tempo. Depois, porque os excertos que vi revelam que o Gustavo não lê mesmo livros nenhuns. E desata a inventar etimologias ridículas: “O presente, se dividires a palavra em dois, é o pré-sente”; “a mente é mentirosa, porque mente”.

 

Mas dentro das verdades absolutas inventadas pelo Gustavo, a mais escandalosa (até agora) é esta:

 

"O grande responsável aqui não é o violador, não é o agressor. É o passivo. Esse é que é o grande responsável. Porque esse é que escolhe sempre e após cada agressão manter-se."

 

Não basta não ler livros para dizer uma coisa destas. É preciso ser um calhau sem um mínimo de noção do que é este mundo e usar constantemente uns óculos com umas lentes bem cor-de-rosa. Este “Life Coach” se calhar devia aprender um bocadinho mais sobre o que é a “life”.

 

E pronto, já chega de dizer mal de pessoas por agora. Deixo-vos entretanto umas paródias geniais a estes “vídeos virais” sobre a “life” do Gustavo.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


5 comentários

Sem imagem de perfil

De Miss_Moi a 22.07.2014 às 11:17

Olá!
Confesso que nunca vi nenhum dos vídeos do Gustavo, mas tive o prazer de ouvir a tanga " a mente é mentirosa, por isso é que se chama mente". Teoria brilhante pá!
E são esses cromos que se safam...
Sem imagem de perfil

De Polittikus a 22.07.2014 às 11:23

Nunca me dei ao trabalho de v er um dos videos dele, mas já passei os olhos um ou dois livros do rapaz e cheguei à conclusão que ele deve ter andado na mesma escola do treinador português de cabelo esquesito (Abel Xavier) que treinador advém de treina a dor... está tudo dito. LOL
Imagem de perfil

De Sofia Margarida a 22.07.2014 às 11:24

Eu sinceramente, nem sei o que sinta! Se choro ou se rio com tanta barbaridade que sai daquela cabeça !
Imagem de perfil

De r i t i n h a a 22.07.2014 às 11:53

Muito bom =)
Sem imagem de perfil

De Luísa a 24.08.2014 às 23:30

bem sinto-me neste momento num dilema interminável: vou-me rir que nem um porco ou cagar ao som das temáticas filosóficas deste senhor.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D



Passaram por cá:

hits counter
hits counter