Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


 

Esta coisa dos banhos públicos que invadiu o Facebook há já umas semanas faz-me lembrar aqueles e-mails que eu recebia quando tinha 12 anos, que tinham sempre anexados uns Power Points pirosos, cheios de anjinhos e flautas-de-pan a acompanhar, a resumir uma filosofia de vida qualquer vinda da China ou da Tailândia ou da Lapónia. Eram os vídeos do Gustavo Santos, versão 1.0.

 

Estes e-mails acabavam sempre, invariavelmente, com uma frase do género “manda este e-mail a 15 pessoas, senão vais ter trinta anos de azar, um camião TIR vai-te passar por cima e nunca mais ninguém vai gostar de ti”.

 

Eu reencaminhava para os meus contactos, “pelo sim, pelo não”. Depois, aos poucos comecei a perceber que os camionistas tinham mais que fazer do que atropelar pessoas só por elas ignorarem um e-mail, e passei a ser muito mais feliz.

 

Os banhos públicos tinham tudo para ser engraçados, se não se tivessem tornado uma dessas correntes irritantes que todos parecem ter medo de quebrar. E de repente o meu feed encheu-se de gente a molhar-se com mangueiras e a borrifar-se com água no meio da rua. Ainda por cima, a maioria é daqueles que, se virmos no computador, ficamos com o torcicolo no pescoço, porque ninguém se digna a filmar com o telemóvel na horizontal.

 

Há alguns engraçados – não digo que não. Já me ri genuinamente com dois ou três. Nos restantes, ri-me por outras razões. Se é que me entendem.

 

Entretanto, o pessoal famoso deste mundo decidiu envergonhar as “babes” e os “manos” portugueses, voltando ao cariz solidário que originalmente estes desafios tinham. O “Ice Bucket Challenge”, que anda a correr o Facebook e as revistas cor-de-rosa do mundo todo, tem agora o objetivo de ajudar a associação ALS a angariar fundos para pacientes e investigadores da doença esclerose lateral amiotrófica.

 

Já aderiram ao movimento Mark Zuckerberg, Bill Gates, Cristiano Ronaldo, Justin Timberlake, Jennifer Lopez, entre muitos outros.

 

Conclusão: a “moda” já chegou à malta da massa, que se anda a divertir a tomar banhos gelados e a contribuir para uma boa causa. A ALS agradece e nós também, que temos oportunidade de ver o Cristiano Ronaldo de cuecas e a versão "miss camisa molhada" do Bill Gates.

 

É neste momento que os tugas percebem que já chega de mangueiradas no jardim para evitar pagar jantares a amigos. Se gostam assim tanto de correntes, adiram antes a esta, que é mais útil para a sociedade. Fica a sugestão.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D



Passaram por cá:

hits counter
hits counter